Caldas da Rainha

Horários 2016/2017

Alteração do Programa Modular de Português - 1º Ano

Informamos que, de acordo com as orientações da tutela, no próximo ano letivo 16/17 será adotado nos cursos profissionais um novo programa de Português, cuja proposta de modularização está neste momento a ser desenvolvida pela Direção Geral de Educação.

Tal fato obriga a que o manual de Português para o 1º Ano tenha de ser posteriormente adotado, ficando sem efeito o manual previamente escolhido (PORTUGUÊS - Módulos 1/2/3/4 - Ensino Profissional da Raíz Editora) o qual será retirado da lista de Manuais.

O manual adotado para a disciplina de Português - 1º Ano será

Sentidos - Português - 10º Ano - de Ana Catarino, Isabel Castiajo, Célia Fonseca e Maria José Peixoto, ASA.

Informação disponibilizada a 30 de Julho.

Manual adotado colocado a 21 de Agosto.

Lista de Manuais a adotar para o Ano Letivo 2016/2017

Publicada a 19 de Julho.
Retirado o Manual de Português - 1º ano a 30 de Julho.

Participação de alunos do Curso Técnico de Contabilidade na Final Nacional do Concurso de Empreendedorismo "A empresa"

Os alunos Carina Ventura, Juliana Bom, Catarina Vicente e Rodrigo Costa, do 2ª ano do Curso Técnico de Contabilidade, com o seu projeto “Combarrar” estiveram presentes na final nacional do concurso “A Empresa” promovido pela Junior Achievement, que se realizou no dia 23 de maio de 2016 depois de serem selecionados na “Feira Ilimitada” que decorreu no ISCAC – Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Coimbra no dia 18 de abril.

Oferta Formativa 16/17

Bruna and Flavia: our first week in Rome!

Escola Técnica Empresarial do Oeste

A Escola Técnica Empresarial do Oeste surgiu em 1990 em resultado de iniciativa de entidades locais (Câmara Municipal das Caldas da Rainha, Associação Comercial dos Concelhos de Caldas da Rainha e Óbidos, Associação Industrial da Região do Oeste e Região de Turismo do Oeste), com o objetivo de formar técnicos especializados em áreas em que a região fosse carenciada.
Em 1999, com a publicação do decreto-lei n.º 4/98, foi criada a APEPO – Associação Para o Ensino Profissional do Oeste – entidade proprietária da Escola, cujos promotores são as entidades locais referidas. Sendo uma escola de natureza privada, prossegue fins de interesse público e goza de autonomia pedagógica, administrativa e financeira. Se bem que os seus objectivos imediatos sejam a inserção dos seus aprendentes na vida activa, poderão também optar pelo prosseguimento de estudos no ensino superior, nas mesmas circunstâncias que os alunos do ensino regular, sendo reconhecidas as suas habilitações em todos os países da União Europeia.

Apoios

POPH

Conteúdo sindicado